COVID-19 - LUTO


SUGESTÕES PARA A PESSOA ENLUTADA E A FAMÍLIA PRÓXIMA

> NÃO ADIE O LUTO Por vezes, os enlutados tentam suprimir as emoções ligadas ao luto, envolvendo-se constantemente em atividades ou tarefas, na tentativa de não pensar no assunto. Aceite que o luto tem de ser vivido. Chorar é positivo: as lágrimas ajudam a exteriorizar o sofrimento acumulado, a “pôr tudo cá para fora”.


> NÃO SE ISOLE Procure o apoio de familiares e amigos. O luto é um processo difícil, mas precisa de ser vivido com a ajuda dos outros. Falar sobre o que sente não aumentará a tristeza, mas permitirá dividi-la com outros que também estão tristes.


> RESPEITE O SEU PRÓPRIO TEMPO Não espere que a tristeza passe de repente. O luto é um processo longo de construção de uma nova realidade, que comporta várias tarefas. Informe-se sobre elas e perceba o que se está a passar consigo.


> RESPEITE AS SUAS EMOÇÕES O luto pode incluir os mais diversos sentimentos: raiva, revolta, culpa, medo, impotência, ansiedade e até alívio (por exemplo, numa situação em que a pessoa, antes de morrer, estava em sofrimento). Não lute contra os seus sentimentos. Aceite as suas emoções, pois todas elas são legítimas numa situação de perda.


> PROCURE ÂNIMO EM TAREFAS QUE LHE TRAGAM ALEGRIA Mantenha as suas rotinas e atividades e não abdique do que lhe dá prazer (e.g., cuidar das plantas, cozinhar, ver a sua série preferida).


> VALORIZE O AUTO-CUIDADO Quando se está em luto ou a apoiar alguém que está em luto, muitas vezes acabamos por não cuidar da nossa saúde física e emocional. Aproveitar o tempo para cuidar de si pode melhorar muito a capacidade de reagir à situação, especialmente a longo prazo.


> SE CONSIDERAR QUE......o sofrimento é tão perturbador que o impede de realizar as suas atividades quotidianas, procure a ajuda de um PSICÓLOGO. Retirado de : https://www.ordemdospsicologos.pt/.../covid_19_luto.pdf

covid_19_luto
.pdf
Download PDF • 909KB

7 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Recomeça