top of page

Consulta Psicológica: Apoio e Desafio



A consulta psicológica proporciona um espaço de estruturação conjunta das emoções, sentimentos e ideias provocadas pela ação. Pretende criar condições para um equilíbrio entre reflexão e ação, sendo importante dar apoio e, simultaneamente, desafio.


Para Campos & Coimbra (1991) a experiência de ação-reflexão deve ser:

1) desafiante (embora não demasiado, isto é, deve conter elementos de complexidade, responsabilidade, esforço, sendo as doses de apoio e desafio adequadas);


2) significativa (ou seja, corresponder às necessidades e interesses do sujeito e ter origem no problema atual (…);


3) comprometida (deve envolver um compromisso em que o participante/pessoa assume a responsabilidade de se implicar e participar no processo até ao seu termo).

De notar que, tal como afirma Coimbra (1991), ao utilizar estratégicas de ação-reflexão “é necessário estimular o potencial autoconstrutor dos indivíduos, intervindo na lógica do seu processo de desenvolvimento, mas sem o pretender dirigir”.


A reflexão crítica e sistemática sobre a experiência é promotora do desenvolvimento psicológico em diferentes situações, quer ao nível de transições de vida, em processos de orientação vocacional, situações de luto, ansiedade, depressão e outras problemáticas.


Coimbra, J. L. (1991a). Estratégias cognitivo-desenvolvimentais em consulta psicológica interpessoal. Prova complementar para efeitos de apresentação de provas de Doutoramento, Faculdade de Psicologia e Ciências da Educação da Universidade do Porto, Portugal.

Campos, B. P., & Coimbra, J. L. (1991). Consulta psicológica e exploração do desenvolvimento vocacional. Cadernos de Consulta Psicológica, 7, 11-19.

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page