A influência da família no desenvolvimento vocacional de jovens



A família é considerada uma importante influência para o desenvolvimento vocacional dos adolescentes, no entanto, alguns não reconhecem o papel dos pais como significativos dando mais importância ao grupo de pares.


Segundo Mota (2008), o adolescente parece deparar-se com um conflito e ambivalência, por um lado, a vontade de permanecer na proteção da família, conservando a sua vinculação aos pais, e por outro lado, o desejo de partir, aumentar os comportamentos de exploração longe da esfera e do controlo parental.


Gonçalves e Coimbra (1994/1995) referem que “sendo a adolescência uma etapa de transição para a idade adulta onde as questões de autonomia e da construção da identidade são fundamentais o não reconhecimento explícito das influências parentais por parte dos adolescentes pode ser explicado pela relevância que estes dão à afirmação de si próprios e à sua independência em relação aos outros significativos, sem que tal representação tenha de corresponder à realidade sentida”.


Ou seja, a ajuda que os filhos desejariam dos seus pais, mais do que se sentirem pressionados no decurso do processo, seria garantir-lhes o apoio emocional, a transmissão de informação sobre o mundo profissional e a motivação para realizarem os seus projetos vocacionais.


A exploração da influência da família é muito importante no desenvolvimento vocacional dos jovens, sendo a consulta psicológica de orientação vocacional um espaço propício à reflexão de diferentes esferas da vida (família, grupo de pares, entre outros).

#exploraçãovocacional #família #influência #desenvolvimentovocacional

Gonçalves, C., & Coimbra, J. L. (1994/1995). A influência do clima psicossocial da família no desenvolvimento vocacional. Cadernos de Consulta Psicológica, 10(11), 43-52.

Mota, C. P. (2008). Dimensões relacionais no processo de adaptação psicossocial de adolescentes: vulnerabilidade e resiliência em institucionalização, no divórcio e em famílias intactas. Dissertação de Doutoramento, Faculdade de Psicologia e de Ciências da Educação da Universidade do Porto, Portugal.

4 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo